Como os ambientalistas pensam: 3. moralismo

Por Leandro Narloch

20/08/2021

Foto: Reprodução/Flickr/Marco Verch.

Hoje chegamos ao terceiro texto da série sobre como os ambientalistas pensam, e o assunto é o moralismo.

Costumamos achar que os problemas do mundo, como as mudanças climáticas, são resultado de ações deliberadas e malévolas: situações ruins seriam causadas por pessoas ruins. 

“Na realidade, é o oposto”, diz o ativista climático Michael Shellenberger. “As emissões são um subproduto do consumo de energia, que foi necessário para as pessoas tirarem elas próprias, suas famílias e suas sociedades da pobreza, e obter dignidade.”

Mas essa visão acaba nutrindo os ambientalistas de raiva contra quem eles consideram vilões e culpados pelos problemas ambientais.